AfonsoIV-P.jpg
D. Afonso IV

D. Afonso IV (1291-1357) foi o sétimo rei de Portugal e teve como cognome “O

Bravo”. Nasceu e faleceu em Lisboa tendo tido uma adolescência de grande inquietação e rebeldia. Filho legítimo do rei D. Dinis o (Lavrador) e da Rainha Santa Isabel sucedeu ao pai como rei em 1325 não sendo, contudo, o seu filho favorito. O rei preferia, sem dúvida alguma, D. Afonso Sanches um dos seus filhos bastardos. Esta preferência deu lugar a uma rivalidade entre os dois irmãos, envolvendo-os em vários confrontos armados que só vieram a terminar com a assinatura de um tratado de paz, patrocinado pela Rainha Santa Isabel, depois de várias tentativas falhadas de invasão. No ano de 1325, Afonso IV torna-se rei e, a sua primeira decisão, foi afastar Afonso Sanches para CastelaComo monarca, D. Afonso IV procurou desenvolver as actividades mercantis e patrocinou mesmo, varias missões marítimas que chegaram às Ilhas Canárias, preparando, de alguma forma os Descobrimentos do século XIV. No princípio do reinado de Afonso IV houve um período de lutas contra Castela (1337-1340), que terminou face à necessidade de constituir uma frente cristã comum que fizesse oposição à do rei mouro. Os anos de 1355-1356 ficaram marcados por um período de guerra civil, depois do assassinato de D. Inês de Castro, entre as tropas do rei e as de seu filho D. Pedro I. Em 1348 entra em Portugal a Peste Negra que acabou por matar cerca de um terço da população portuguesa, tal como aconteceu, na Europa em geral, desorganizando a vida económica e social do reino de Portugal na segunda metade do século XIV.